Coronavírus: riscos e oportunidades
Dicas,  Mercado Imobiliário

Coronavírus: onde estão riscos e oportunidades do mercado imobiliário

O Coronavírus e o mercado imobiliário estão intimamente ligados em tempos de incerteza na economia. Em outras palavras, assim como a maior parte dos segmentos, este também sofre impacto direto da pandemia. Ainda que as previsões possam soar pouco assertivas neste momento, é importante que existam. Primeiramente, para compreender a situação e planejar o depois. Além disso, é possível encontrar riscos e oportunidades no atual cenário. Por isso, esse artigo pretende esclarecer qual a situação real do mercado e o que os clientes podem ou não fazer neste momento.

Riscos e oportunidades fazem parte da expectativa do setor

A preocupação dos empresários do ramo imobiliário é grande. Isso porque estava em um momento de retomada e irá retrair, ainda que não se consiga mensurar estes números por enquanto. Segundo especialistas, as áreas que dependem do varejo e do fluxo físico de pessoas é a mais atingida. Porém, das alternativas que têm se mostrado seguras, o agrupamento e a presença online são as mais efetivas.

Também é preciso pensar que, devido a redução da Taxa Selic, os fundos básicos de investimento podem apontar um caminho favorável com a pandemia do coronavírus. Isso aconteceria porque a liquidez global permanece existindo em algum nível.

Coronavírus, fundos imobiliários e os setores defensivos

O setor logístico pode ser considerado o grande trunfo no mercado imobiliário. Uma vez que todo o consumo passa pelas compras de internet, neste momento, há uma maior resiliência e segurança. Em contrapartida, fundos imobiliários que concentram o risco em um único ativo são perigosos. Primeiramente, por não haver diversificação nele. E também pela aposta de liquidez em uma situação ainda imprevisível.

Investimento em imóveis agora podem configurar riscos ou oportunidades?

Um imóvel sempre indica um bom ativo. Seja pela localização, liquidez ou qualidade construtiva. Se assim forem entendidos, esta é uma boa oportunidade de adquiri-los. É preciso também levar em conta a aquisição de modo virtual, visto que estandes de campanha não serão vistos tão cedo. Outra análise importante a se levar em conta é que pode sim faltar renda, mas não crédito. E com a redução de taxas, é interessante se planejar para utilizá-las.

O coronavírus e distribuição de dividendos em fundos imobiliários

A Caixa Econômica Federal já divulgou algumas ações para minimizar os impactos da pandemia. Isso deve ser acompanhado constantemente, da mesma forma que a distribuição de dividendos de fundos imobiliários, que pode ficar suspenso por seis meses. Hoje, a lei prevê os fundos a distribuírem, no mínimo, 95% da renda porém pode surgir alguma regra específica para a situação.

E para você que ainda pensa em comprar um terreno para morar ou investir, entre em contato conosco! Esclareça suas dúvidas em nosso portal e não deixe para depois a oportunidade. Basta clicar em um dos ícones abaixo.

Whatsapp
Facebook: coronavírus
Linkedin: riscos e oportunidades
Youtube:
Instagram: coronavírus riscos e oportunidades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *