sazonalidade
Dicas,  Mercado Imobiliário

Sazonalidade do mercado imobiliário: como usá-la a seu favor?

A sazonalidade do mercado imobiliário é um tema que costuma reaparecer sempre em momentos de dificuldade. Em outras palavras, as variações entre os períodos de compra e venda nem sempre são observadas, o que pode gerar prejuízo para empreendimentos mesmo consolidados. Mas quais são os períodos de maiores negociações no mercado? É possível prever crises e antecipar momentos de maior impacto? Leia nosso texto e tire todas as sua dúvidas.

Sazonalidade do mercado imobiliário exige planejamento

Primeiramente, é importante compreender que os meses de janeiro e julho correspondem à maior queda no mercado imobiliário. Segundo especialistas, isso se deve às férias escolares, que diminuem a procura por imóveis e coloca em evidências outras prioridades, como viagens e passeios familiares.

Por isso, neste período, é normal o mercado imobiliário responder com menos lançamentos de novas unidades. Além disso, há diminuição de cerca de 60% na comercialização de imóveis e lotes.

Porém, é importante considerar que este fator só tem maior impacto quando não há planejamento adequado. Isso acontece porque muitas corretoras e incorporadoras não levam em conta esta possibilidade.

Não importa o tipo de mercado, é comum que situações possam ser equivalentes ou comparativos. De maneira geral, as pessoas procuram moradia regularmente, o que coloca a sazonalidade quase como uma escolha. E sabe o porquê?

Moradias são buscas regulares mas apenas isso não garante negócios

É preciso entender que as pessoas precisam morar em algum lugar. E isso já elimina o fantasma da sazonalidade no mercado imobiliário. Contudo, conforme dito acima, em períodos de menor busca, é preciso estudar os motivos.

No cenário atual, com a crise do coronavírus e a expectativa do mercado após seu fim, a sazonalidade trouxe dois pontos distintos. Por exemplo, o receio da queda de renda e desemprego e também o medo de mudanças bruscas na economia.

Porém isso não tira a responsabilidade do vendedor, que precisa enxergar oportunidades onde alguns veem apenas os riscos. Trabalhando com esta hipótese , podemos compreender melhor o cenário.

A sazonalidade do mercado imobiliário tem fatores específicos

Em geral, os imóveis costumam ter maior procura em temporadas, seja do verão ou inverno. Da mesma forma que uma praia começa a receber mais visitantes no calor, a aquisição de um imóvel ou lote também reflete isso. É normal uma procura mais intensa conforme o clima, seja para curtir a temperatura ou fugir dela. Pense, por exemplo, em uma cidade de clima frio. Aqueles que preferem a estação, estarão mais propensos à compra na chegada do inverno. 

Por esse motivo é importante que o vendedor conheça tudo o que pode oferecer ao cliente, gerando valor agregado ao empreendimento. Nessas horas, a existência de saunas, áreas verdes, piscinas, academias e outros, são diferenciais a se considerar. Isso porque ele leva o interesse do cliente a um contexto mais amplo, onde morar bem é muito mais do que apenas morar.

Mas como lidar com crises sazonais?

A atual situação de pandemia no país é um ótimo exemplo de sazonalidade. Ela não apenas fez com que as formas de interação entre empresa e cliente mudassem como exigiu novos comportamentos.

Por esse motivo, a pandemia obrigou que o planejamento seja constante, com análise profunda das balanços mensais e a elaboração de um quadro de ação.

Em um momento que as pessoas estão mais tempo na internet, o uso da tecnologia como aliada se tornou indispensável. Seja para interagir com seus clientes (como em lives) ou para fornecer a possibilidade de visitas online ou mesmo informações sobre o negócio.

Veja abaixo nosso vídeo sobre o cenário do mercado imobiliário pós-Covid

A importância do comportamento do consumidor

A sazonalidade do mercado imobiliário é fruto de questões mercadológicas. Mas é importante ir além desta visão simplista ao elaborar ações de planejamento. Por isso, o primeiro passo para driblar a sazonalidade é o conhecimento do seu cliente de forma mais ampla. Por exemplo, o motivo da aquisição de um imóvel. É relevante ter em mente que um cliente não compra um imóvel. Ele compra outra coisa, que geralmente está alinhado ao conforto para família, saída do aluguel, investimento a longo prazo, etc.

Nesse caso, é imprescindível os cuidados com sua carteira de loteamento.

Ao saber disso, o vendedor consegue estabelecer diretrizes que atendam diretamente o consumidor, uma vez que tais ideias são permanentes, com sazonalidade ou não.

Gestão imobiliária eficiente é na Lotenet

Por esses motivos, o sucesso de seu empreendimento dependerá diretamente de como você lida com o mercado. Por isso, você precisa escutar o seu cliente, e colocar seu potencial no que ele quer comprar. E não necessariamente no que você quer vender. Para isso, você precisa de uma equipe bem estruturada, de consultores que entendam a importância de ser um supervendedor – e principalmente – a relação de sua empresa com o tempo. 

Plantas estratégias a longo e médio prazo são essenciais para o futuro do seu negócio. Para que a gestão imobiliária seja feita com eficiência, toda a equipe precisa estar alinhada e motivada.

Por isso, a Lotenet é o primeiro e único portal exclusivo de vendas do Brasil.

Desde seu surgimento, a Lotenet acompanha o crescimento da cultura de vendas online, apresentando uma plataforma estratégica e inovadora.

Dessa forma, ela reúne clientes, loteadoras e corretores em um só lugar.

Clique em um dos ícones abaixo e fale com um de nossos consultores.

E para saber mais como se tornar um supervendedor, assista nossa live no sábado 30-05 às 10h, em nosso Instagram.

Whatsapp: sazonalidade
Facebook
Linkedin: sazonalidade do mercado imobiliário
Youtube: mercado
Instagram: mercado imobiliário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *