muro em casa de condomínio fechado
Dicas

Muro em condomínio fechado: porque não fazer?

Muro em condomínio fechado sempre é uma dúvida comum entre aqueles que adquiriram seu lote e quer começar a construir. Dentre as principais dúvidas, sempre estão, por exemplo, a possibilidade de murar e quais as exigências para que isso seja feito.

Na maioria das vezes, não é permitido a construção de alvenaria em torno do lote, mas você sabe o motivo? Conhece as alternativas que podem ser tomadas e o porquê desta decisão?

Falamos sobre alguns desses motivos em nosso Momento Lotenet, mas se você quer se aprofundar mais no assunto, confira esse artigo exclusivo que preparamos para você. Vem conosco!

Para que construir muro em condomínio fechado?

Primeiramente, é importante entender o que leva alguém a querer murar uma residência ou lote. Em geral, as intenções são sempre as mesmas, como por exemplo, impedir o acesso de pessoas desconhecidas, garantir a privacidade da propriedade ou ainda delimitar de forma efetiva o seu lote.

Porém, é preciso analisar que estas intenções já são solucionadas no próprio projeto do empreendimento, que conta com recursos que tornam o muro dispensável.

Isso porque um condomínio fechado, quando possui um projeto completo, já inclui em sua infraestrutura a segurança. Aliás, um dos principais motivos que levam as pessoas a procurar este tipo de moradia reside neste item. A maior parte dos empreendimentos possuem muros em todo o condomínio, portaria 24 horas e câmeras de segurança. Por isso, o muro na parte interna de um condomínio fechado se torna obsoleto nesta questão.

Em relação à privacidade, é importante considerar que o Regimento interno do condomínio a garante através de suas cláusulas. Ou seja: há regras e procedimentos legais que todos os moradores precisam seguir. E por último, a delimitação do lote é rigorosamente respeitado também pelas regras internas.

Associação de moradores reafirma direitos e deveres dos condôminos

Assim como em um prédio, quando falamos em condomínio fechado, há regras a serem seguidas. A primeira delas  é se filiar à associação dos moradores do condomínio, da mesma forma que funciona quando você compra um apartamento.

A partir desta associação, você estará ciente das normas construtivas do local, como quantos pisos pode ter sua construção, o espaçamento das casas e até mesmo a finalidade – como por exemplo, se é necessário que seja unifamiliar ou permita várias residências no mesmo local.

A questão do muro está especificada no regimento interno, e os motivos pelo qual a maioria dos condomínios costumam proibi-lo são simples: eles não são necessários e ainda afetam a estética do condomínio.

Pensem comigo: se o condomínio já garante segurança e monitoramento, para que você precisa de muros ao redor da sua propriedade? 

Alternativas ao muro em condomínio fechado

Mas se mesmo com os argumentos explicados acima, você decidiu pelo cercamento do seu lote ou residência, como fazer? Em geral, o regimento interno permite alternativas visivelmente mais bonitas para quem faz questão do cercamento. Por exemplo, podem ser utilizadas cercas vivas, madeiras de demolição ou ainda vidros. A restrição, em quase todos os casos, é exatamente a alvenaria.

Assim como nos condomínios norte-americanos que vemos na tv, não construir um muro individual ainda garante um espaço muito mais harmônico e esteticamente bonito.

Por isso, é importante pensarmos que o planejamento de um condomínio fechado já inclui todas essas questões, mesmo antes do lançamento. Para você ter uma ideia, até os tamanhos dos terrenos já possuem padrões que garantem privacidade mesmo quando todos os lotes estiverem com suas construções finalizadas.

E para você, corretor, que precisa de um planejamento detalhado para fazer um lançamento de sucesso, venha para a Lotenet. Aqui, pensamos em tudo que seu cliente precisa, do lançamento à utilização do espaço.

Para mais informações, entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *