tendências do mercado para 2021
Dicas,  Mercado Imobiliário

Dez tendências do Mercado imobiliário 2021

O mercado imobiliário sofreu imensas mudanças, além de aceleração de processos, devido a pandemia da Covid-19 no ano de 2020. Desde a transformação das necessidades das famílias, até mesmo as transformações tecnológicas, o setor precisou contar com maior agilidade para cumprir prazos, reduzir custos e melhorar os resultados.

E mesmo assim, teve uma alta de mais de 26%, considerada favorável para um momento de crise econômica e social. As expectativas para 2021 já foram abordadas anteriormente em outro artigo, então consideramos que este é o momento de tratar de tendências.

Vem conosco e veja o que vai acontecer para o segmento neste ano!

Tendências apontam para informatização e mensuração de resultados

Ainda que o desemprego elevado faça projeções de menor crescimento econômico e mais arrocho salarial, o mercado imobiliário tem boas perspectivas, se considerado os anos anteriores. Isso porque, com a oscilação de outros investimentos e a segurança proporcionada pelo setor, a construção civil está pronta para retomar a economia com sucesso. Contudo, há pontos que, mesmo sendo citados em todos os artigos sobre o assunto, precisam ser levados a sério. O primeiro deles é o avanço tecnológico, que já se faz obrigatório, da análise do loteamento até a pós-venda. E não menos importante está o fato de uma empresa ser capaz de dinamizar processos e mensurar a qualidade de suas vendas. As principais tendências do mercado imobiliária mostram que:

1) A tecnologia está presente nas melhores soluções de mercado. 

Seu melhor exemplo é o BIM (Modelagem de informação da construção), que é um modelo virtual para gerenciar todas as informações do ciclo de vida de um loteamento. Ou seja, através dela, é possível tornar virtual o planejamento de uma obra, sendo capaz de analisar de forma assertiva todos os custos e processos.

2) A robotização é uma tendência que vai ficar

Os drones e a robotização estão sendo utilizados para diminuir erros, automatizar processos e fornecer dados mais precisos para encantar e envolver o cliente. Hoje, da captação de imagens para divulgação ou análise topográfica do terreno, a robotização ganha espaço por ser rápida e gerar resultados satisfatórios.

3) A sustentabilidade permanece em alta

E isso precisa ser pensado desde a construção de áreas de lazer aos sistemas de abastecimento de água, esgoto e energia elétrica. Ser sustentável deixou de ser opção ecológica e se tornou, ainda mais, uma opção consciente e lucrativa.

4) O preço das garantias poderá aumentar sua margem de investimentos

A elevação do preço das garantias irá movimentar altos ganhos para quem decide investir em lotes. Isso porque ela afeta a rentabilidade e pode gerar margem de lucro em até 5 pontos percentuais, devido ao atual cenário.

5) As tendências indicam que o metro quadrado irá subir

Em algumas situações devido ao boom imobiliário, como aconteceu na região metropolitana de Belo Horizonte, em outras, pelo êxodo rural. Este último, tem feito consumidores repensarem no significado de uma casa, que passou a ser essencial, e precisa ser capaz de oferecer conforto, longe de grandes centros urbanos e do caos das capitais.

6) Casas maiores não são mais sonhos de consumo e se tornaram a preferida dos clientes.

O motivo é simples: mais tempo em casa exigiu que o improviso da academia, do home office ou da área de lazer, se tornasse em item essencial ao se procurar um lote para construir.

Leia sobre esta tendência aqui.

7) Tendências de casas maiores aponta para projetos mais completos

 Com casas maiores, os projetos de alto e altíssimo padrão passaram a ganhar mais atenção, já que eles abrigam todos os itens considerados prioritários na questão acima.

8) A segurança deixou de ser luxo e se tornou obrigatória. 

Por isso, residenciais e condomínios fechados tiveram aumento em suas buscas. Em geral, as duas possibilidades oferecem monitoramento, guarita e entradas dedicadas. E isso se tornou algo essencial para lares com idosos ou crianças.

9) Taxa Selic tem tendências a novas oscilações

 A taxa Selic teve uma redução histórica, e ainda deve permanecer por alguns meses em um patamar baixo. Contudo, a tendência é que a economia não consiga segurá-la desta forma por muito tempo. Em outras palavras, quem apostou no mercado imobiliário, poderá ter em breve um ótimo retorno. Quem ainda não apostou, esse é o momento.

10) Coordenadora de vendas são o diferencial no mercado

Por último, a existência das coordenadoras de vendas – para acompanhar todo o processo de um loteamento –  está em alta pela facilidade e assertividade quando o assunto é o lançamento de um residencial.

Isso porque elas se especializaram em fornecer mais do que consultoria, participando de todos os trâmites comerciais e estruturais de um empreendimento.

E por falar em coordenadora de vendas, você precisa conhecer a Lotenet

Nascido como um portal de vendas de lotes, a Lotenet se especializou em coordenação ampla de vendas, e oferece do lançamento de um empreendimento ao back office e pós venda, serviços que irão transformar seu negócio com planejamento e processos eficazes.

Isso tudo de forma a garantir o sucesso do seu loteamento.

O planejamento estratégico faz parte do DNA da Lotenet, que realiza a coordenação de suas vendas de forma dinâmica, assertiva e com qualidade.

Entre em contato com a Lotenet, alavanque suas vendas e esteja alinhado às principais tendências de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *